Translate

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Bullying ???

Esta semana passamos por uma situação bem desgastante na escola com a Sabrina.
Já há algum tempo as escolas vem tentando empurrar o tal de hallowen guela a baixo de nós brasileiros, tudo bem, tem quem não se incomoda com os modismos que vem de fora, não liga, acha o máximo...outros simplesmente vão na onda e nem sabem o que é essa comemoração.  O fato é que nós não comemoramos por entendermos que exista algo nas entrelinhas do dito hallowen, o que não vem ao caso agora, só estou falando disto para entenderem o porque da minha indignação.
A semana começou com a "semana do hallowen" nas agendas diárias das crianças. A Sabrina chegou pra professora e disse:
-Prof, eu posso fazer um outro trabalho? Eu não quero fazer esses de bruxas e hallowen.
-É trabalho de aula Sabrina, tu tem que fazer esse como todos os colegas.
Bem esse trabalho da segunda feira era um texto da bruxa Tutuca, e precisava retirar do texto substantivos e adjetivos, ela fez todo o trabalho, mesmo com o enfoque sendo a tal semana.
Na terça feira, novamente, só que desta vez o trabalho era inventar uma poção pra a tal bruxa, mas uma poção do bem (hãããã). A Sabrina se negou a fazer ( a menina é bem segura de si, e disse que não ia fazer poção nenhuma) neste momentpo a professora pega e leva ela para o serviço de orientação educacional para ver se a orientadora convencia a mocinha a fazer. Resultado, a moça cheia de convicções disse com todas as letras:
-Eu respeito as opiniões de todos os meus colegas, não me importa se são espiritas, católicos, de religiões diferentes, agora porque ninguém quer respeitar a minha opinião? Se eu fizer esse trabalho eu vou estar indo contra tudo o que eu creio que é certo. Eu já fiz um tranbalho no ano passado que me mostrou o porque de se comemorar o dia de hallowen, e eu não vou comemorar um dia dedicado a mortos e bruxas.
Bem depois de muito falar, ela acabou falando com diretora da escola.
Quando chegou em casa nos contou e o papai foi na escola falar com a diretora.
A diretora nos garantiu que não havia programações alusivas a hallowen na escola, que ela mesma não achava correto por não ser uma celebração brasileira, e que havia pedido já no começo do ano a todas as profes que não o fizessem, e que estava sabendo no momento que estava havendo comemorações em turmas de 1º ano e 4ª série, mas que falaria com as respectivas profes.
Ela realmente fez isso, mas qual a minha surpresa hoje quando levo eles na escola e sou abordada por uma outra mãe me dizendo que eu, euzinha, não tinha o direito de cancelar a festa das bruxas da escola. Que a filha dela falou que a prof havia dito que os alunos não teriam mais a festa por causa da familia do Mic.
A Sabrina por sua vez ouviu das colegas que a família dela havia feito a festa ser cancelada. Ela já escutas piadas como os colegas chamando ela de  "prezinho" (por ela ser pequena ) praticamente todos os dias, agora a prof vindo a dizer aos colegas que eles são os responsaveis por não ter uma festa na escola... não é isto também um Bullying, e por parte de quem deveria estar educando????
Hoje saí da escola chorando e muito embora a diretora tenha me garantido que nada tivemos  a ver com a proibição da festa, que era algo que ela mesma já havia proibido desde o começo do ano me senti muito mal. Meus filhos chegaram chateados por estarem sendo acusados de impedir os outros de se divertir. O Mic está sendo chamado de medroso, covarde e outros nomes parecidos.

Isto para mim é bullying e eu espero que ninguém venha a passar pelo que passamos, menos ainda crianças de 6 e 9 anos.

2 Comentários:

Dani disse...

Candi, li agora o q ocorreu. Sinto mt por vcs terem passado por isso, q situaçao dificil..Imagino como a Bibi e o Mic devem estar. Fiquei pensando o q faria numa situaçao dessas. Parecem q tem coisas q fogem das nossas maos.

Mas parabenizo vcs pela criaçao deles, pq a Sabrina e o Mic tem se mostrado pessoas de personalidade, q nao se deixam "enrolar", isso é MUITO importante e vai ser (como ja esta sendo) um fator essencial p vida deles.

Sobre os apelidos, acho q a gente nao tem como fugir disso, é incrivel. Eu q sempre fui grandona tinha diversos apelidos por ser grande demais, os gordinhos por serem gordo, os magros por serem magros..

Conta depois como ficou a situaçao. Vcs pretendem falar com a tal professora que fez o bullying? Cà entre nòs, que professora amargurada com a vida hein..meu Deus!


Na faculdade tive q escrever um texto para seleçao de estagio e o texto deveria ser sobre nossa vida em diversos ambitos. Quando me referi a escola, disse algo mais ou menos assim: "Se no 1° grau eu me perguntava se estisse vida apos a escola, no 2° grau posso dizer que achei minha turma".

Poesia do Bem disse...

Olá Candi quye chato, pois aqui em casa a Alice ainda pequenina e tem afesta lá hoje, mas como somos cristãos nãoa cho tbm certo, ainda fui pela corujice pedi a amiga que comprasse a fantasia de bruxinha pois ela sem entender disse que queria, mas a noite fiquei angustiada o Espírito santo a me falar que minha filha é dele Canta na igreja e como posso ensinar o caminho e depois voltar atrás?
Dai fui cedo devolvi a fantasia troquei pela de Joaninha, e falei pra ela que bruxa não era coisa do bem, ela aceitou mesmo sem entender , mas foi de bailarina, ai fui lá levando a fantasia nova, a escola toda enfeitada de bruxas, ainda assim deixei ela na festa pois tbm não teria como não está, mas pelo menos acho que era pela brincadeira.Mas como me senti mal, agora estou bem!
Espero que vc tbm venha se sentir e a sabrina e que tudo se resolva!

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Blog Widget by LinkWithin

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO